sábado, 26 de julho de 2008

Sexo no primeiro encontro. Vale a pena?


Muitas mulheres já se questionaram sobre isso.

Transar ou não no primeiro encontro é sempre uma dúvida. O encontro foi maravilhoso, a sintonia é perfeita, você quer prolongar a noite, mas fica cheia de encanações, pensando que poderá ser vista como uma mulher "fácil" e que, por isso, ele poderá sumir do mapa sem a mínima consideração. Mas o que fazer? Deixar rolar ou fazer jogo duro?

Para um homem, querer sexo no primeiro encontro é considerado 'natural' e, conseguir, uma façanha socialmente valorizada. Para uma mulher, ainda é um risco. Se ela vai para cama com quem quer, na hora em que bem entender, pode ser considerada 'fácil' ou alguém que 'não se valoriza' – assim, o valor social da mulher pode ser abalado em função de seu comportamento sexual.

A sua intuição está te dizendo que ele é sua cara-metade. Então, por que não? Os desejos femininos não são assim tão diferentes dos masculinos. Quando a vontade vem, vem com a mesma força. "Uma pesquisa revela que em cerca de 30% dos primeiros encontros já acontece uma relação sexual. Em 25%, ocorre entre segundo e terceiro encontro", afirma o urologista e terapeuta sexual Celso Marzano.

Ou seja, o sexo no primeiro encontro pode ter muitos aspectos positivos, sim. Assim como aquela oportunidade de emprego que você, algum dia deixou passar, aquela noite poderia ser uma das experiências sexuais mais gratificantes de sua vida...

3 comentários: