sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Sexo oral feminino

O sexo oral é um instrumento fundamental no desenvolvimento de uma boa relação, e por isso, não podemos deixar de nos aprimorar nesta área. Movimentos simples unidos a uma boa dose de sensibilidade pode levar qualquer mulher a loucura.

Introdução:
Não há como se fazer um bom sexo, sem a relação oral. As mulheres também adoram. Vamos conversar sobre as manhas do assunto.

Os tipos:
Existem três tipos básicos de sexo oral:
01.O sexo oral anal – O homem excita o ânus da mulher com a língua
02.O sexo oral vaginal – O homem excita a vagina
03.O sexo oral clitoriano – O homem excita o clitóris da mulher com a língua
Todos os três fornecem resultados muito bons e fazem parte do conjunto da relação. Vale ressaltar que o (1) e o (2) devem ser guardados para as pessoas com quem temos um nível mais alto de intimidade.
O anal:
Talvez este seja o mais divertido dos três. Conhecendo a pessoa, e fazendo uma boa higiene antes da relação você não precisa ficar com grandes preocupações. Se sexo anal está nos seus planos, este item é parada obrigatória.
Pessoalmente gosto de fazê-lo com a menina de quatro com o quadril bem empinadinho, mas, qualquer outra posição pode ser escolhida. Comece fazendo uma rápida massagem com o dedo na entrada do ânus, isto é um aquecimento para o que vai vir. A partir dai você deve começar a brincar com a língua, não se esquecendo que você deve mantê-la sempre bem molhada para maximizar o tesão. Primeiro comece com leves toques em volta do orifício, depois passe para leves movimentos circulares, depois leves toques no orifício, e à medida que o tesão da menina for aumentando, vá introduzindo cada vez mais fundo. Por fim, segure-a bem forte pelo quadril, e puxe-a com firmeza contra você, faça de sua língua um pênis, ela vai gostar muito.
O vaginal:
Os procedimentos básicos do sexo oral vaginal são iguais aos do oral anal com o acréscimo de alguns recursos.
Como a vagina possui os grandes lábios e os pequenos lábios, você deve dar atenção a estes também. Prenda-os com os lábios, morda com delicadeza, passe a língua em toda a extensão dos mesmos.
Procure também tocar o ponto G com a língua,: a posição mais fácil para isto é a ginecológica, também conhecida como “galinha assada”. No mais, repita os procedimentos do item anterior, usando sua língua como um pênis.
O clitoriano:
Dos três tipos, este é o que exige mais treino e experiência. Geralmente o sexo oral clitoriano oferece respostas muito positivas no que diz respeito à excitação da mulher, devido ao fato do clitóris ter muitas terminações nervosas. Ao mesmo tempo em que essas terminações nervosas lhe ajudam, podem lhe atrapalhar também. Em certos casos, a mulher pode sentir cócegas, choques, nervosismo e outras reações não agradáveis ao ser estimulada no clitóris. Então, é fundamental perceber as reações da parceira, e estudar o movimento que proporciona o maior prazer. Existem vários leitores e leitoras que nos escrevem dizendo que não conseguem ter prazer no clitóris. Uma menina definiu como “gastura” o que ela sente. Na minha experiência prática, em todas as situações que me deparei com um caso desses, o problema foi solucionado mudando a forma do estímulo.
Os procedimentos iniciais são os mesmos citados anteriormente, comece os trabalhos com leves toques do dedo, use um pouco de saliva para umedecê-lo. Tenha sempre bastante delicadeza, pois, o clitóris é muito sensível. Passe então para um mínimo toque com a língua, e permaneça assim durante algum tempo, sem pressa, vá aumentando aos poucos a intensidade dos toques, como se estivesse chupando um sorvete de casquinha, a medida que o tempo for passando, aumente a velocidade dos movimentos e mude a direção, mude de cima para baixo para direita-esquerda, faça movimentos circulares também.
Dicas profissionais:
O clitóris é coberto por tecido epitelial, se você puxar o prepúcio levemente para cima, uma área que é mais sensível ainda ficará exposta, estimulando este local o resultado pode ser excelente, ou pode ser o de irritação, faça alguns testes para descobrir.
Se a parceira estiver sentindo algum tipo de nervosismo durante a estimulação clitóris, de prioridade a movimentos direita-esquerda, no início do prepúcio, está e uma área menos sensível, e ela poderá ir se acostumando aos poucos.
Por fim, tente chupar todo o genital de uma vez só, como se estivesse saboreando uma manga, segure com os lábios o prepúcio o clitóris e os lábios.

fonte:dicas de sexo

1 comentários: