quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Empurrando com a barriga

Por que casais mantêm a relação mesmo sabendo que ela está fracassada?

O clima não é mais o mesmo e as desculpas estão cada vez mais diversificadas. Você anda conversando com as amigas e suas reclamações são sempre: "Ele não presta mais atenção no que eu digo" ou "Entramos numa rotina". São indícios de uma relação desgastada, possivelmente na iminência do fim. Mesmo assim, muitos insistem em empurrar com a barriga esses relacionamentos. O que motiva os casais a ficarem juntos mesmo sabendo que não dá mais certo?

Mesmo reconhecendo que a relação vai mal, muitos prosseguem com o compromisso.

Autoestima baixa é uma das características que justificam essa atitude, segundo a psicóloga especializada em terapia de casal e psicoterapeuta sexual Jaqueline Meireles: "Às vezes, a mulher pode achar que não vai conseguir um parceiro melhor. Em outros casos, existem algumas compensações que suprem a falta de vínculo".

Sentimento de dependência, de qualquer ordem, também é fator importante na manutenção dessas relações. "O cara está do seu lado, mas já não é mais seu companheiro. Está ali apenas por estar. O sentimento existente não é mais amor, mas dependência", ressalta a terapeuta.

A especialista aconselha aquelas que estão insatisfeitas no seu relacionamento: "A mulher tem que ter consciência de que aquela relação não tem mais chance de crescer. A relação está minada".

O relacionamento é cultivado todos os dias, continua ela, e esse tipo de situação só acontece quando a parceira já esgotou todas as tentativas na vã ilusão de reavivar a chama. "Quando chega ao final é porque existem indícios lá atrás de que o envolvimento não está dando certo e, instintivamente, o casal já sabe disso", constata. Ela complementa: "Em uma relação ambos têm que estar inteiramente envolvidos. Não existe namoro pela metade".

Fonte: Bolsa de Mulher

2 comentários: