terça-feira, 21 de junho de 2011

Casar pra quê?

O que significa o casamento para você?

Para alguns, é amor, paixão, companheirismo, família, felicidade. Para outros, responsabilidade, preocupação, brigas, problemas, traição. Embora a taxa ainda seja mínima, ainda existem aqueles – e aquelas – que, depois do divórcio, não querem mais nem saber de casar de novo. Será que um relacionamento pode ter sido tão prejudicial a ponto de desiludir uma pessoa sobre a possibilidade de uma nova união?

Os dados oficiais são alarmantes. De acordo com o Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010, 23% dos casamentos terminaram em divórcio e essa é uma curva que não para de crescer. “Um a cada quatro casamentos termina em divórcio. Talvez esse número seja até um pouco maior, porque temos apenas os dados oficiais, de casamentos formais. Não estamos contando as uniões estáveis”, diz Arlete Maria Gavranic, psicóloga e psicoterapeuta especialista em Terapia e Educação Sexual pela SBRASH (Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana) e coordenadora dos cursos de pós-graduação do ISEXP (Instituto Brasileiro de Sexologia Psicossomática).

Embora ainda exista uma parcela dos divorciados que, não querem tentar uma nova união, a grande maioria deles busca reconstruir suas vidas ao lado de outra pessoa. “É um desejo encontrar alguém, por mais que não seja num casamento formal. As pessoas, no entanto, se tornam mais cuidadosas, experimentam mais antes de construir a relação. A busca tende a continuar especialmente após a primeira separação, mas quando acontece pela segunda ou terceira vez, elas começam a optar por ficar sozinhas”, explica Arlete.

Fonte:Maisde50

3 comentários: