terça-feira, 11 de novembro de 2008

Um tapinha não dói

Beliscões, mordidas, tapas ou, até mesmo, umas chicotadinhas e arranhões durante a relação sexual. Muitos casais não gostam do sexo limitado a suspiros, beijos e olhos nos olhos. Essas atitudes relativamente agressivas - que podem parecer estranhas - transformam-se em um complemento na cama. A secretária A.D.J.F., por exemplo, conta que adora levar "umas palmadinhas" no bumbum quando está transando com seu marido. "Fico louca de desejo, e ele mais ainda", enfatiza ela.

Os especialistas afirmam que, desde que ninguém se machuque, tanto no aspecto físico quanto psicológico, há liberdade para se fazer o que quiser entre quatro paredes. O comportamento de pessoas que sentem prazer em dar ou receber esse tipo de estímulo é perfeitamente normal. Nesses casos, pequenos gestos de agressão são excitantes, mas o parceiro tem que concordar e também sentir prazer com a prática. Quando tapas, mordidas, beliscões e coisas do tipo são resultado de uma fantasia do casal não há o menor problema. É até saudável e natural.

Bater e apanhar de levinho é uma técnica de sedução. Quando se rompe um tabu na hora da transa, isso desencadeia uma intensa energia: os batimentos cardíacos disparam e a libido aumenta. Quando tudo acontece de forma amorosa, em um clima de brincadeira, é uma maneira de demonstrar o tesão que uma pessoa sente pela outra. Se tudo acontece sem traumas, é absolutamente prazeroso.

Mas é preciso tomar cuidado para não sair dando tapas em todas as namoradas que aparecerem pela frente. Nem sempre um parceiro tem as mesmas preferências que o outro e, nesse caso, o ideal é ter uma boa conversa sobre o assunto antes de ir para a cama. A receita é simples: Caso a mulher, ou mesmo o homem, não se sinta preparada(o), melhor não arriscar, pois provável é que essa ousadia seja frustrada. Já se o relacionamento é bom e aberto e há a vontade de experimentar, não há o que temer. É importante lembrar que independente da situação, o carinho é o fator primordial durante o sexo. Quem ama não machuca.

fonte:site G

3 comentários: