sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Toda mulher bonita é lésbica de si mesma

Boa parte das mulheres normais já encostou seus lábios nos das amigas. Algumas usaram a língua. Outras foram além e partiram para o agarra. Muitas vezes no banheiro.

Nelson Rodrigues defendia que toda mulher bonita é um pouco namorada lésbica de si mesma. Até as feias descobrem um ângulo que as favorece — o desenho da boca entreaberta, o decote, as pernas cruzadas — e gastam alguns segundos do dia se admirando, como em um namoro velado. Nós achamos o corpo feminino mais bonito que o masculino. Da mesma forma que vocês, babamos ao ver uma revista de mulher pelada. Ao assistir a um filme pornô, prestamos mais atenção na gostosa do que no pau gigantesco deles. O que a gente não entende bem é o fascínio que os homens têm pela imagem de duas mulheres se pegando. Divirto-me com a cara que vocês fazem ao presenciar duas jovens atraentes indo juntas ao banheiro. Aquele olhar fixo embasbacado que os homens não conseguem disfarçar. Afinal, mesmo que a intenção das mocinhas seja simplesmente fazer xixi, uma verá a outra nua da cintura para baixo. Imaginar essa cena proporciona ao menos 5 segundos de alegria para vocês. Mulheres peladas juntas, seja qual for a circunstância, é sucesso de audiência. Nunca falha.

(*) Rita Cassandra é jornalista e fã de filmes pornôs: ritacassandra@revistaalfa.com.br

Fonte: Revista Alfa - Veja matéria completa

1 comentários: